Lista dos jogos com maior recepção negativa


Dentre inúmeros jogos que são lançados diariamente pelo mundo, aqui estão listados aqueles que mostraram ter a pior repercussão. Alguns também são vistos como os piores jogos já feitos na história.

http://www.viciogame.com.br

Anos 80

http://www.viciogame.com.br

E.T. the Extra-Terrestrial (Atari 2600)

Baseado no popular filme de Steven Spielberg e feito em apenas 5 semanas para ser lançado a tempo para a temporada de férias de 1982. Esperavam vender milhões de cópias, mas fracassadamente pouco mais de 1 milhão de unidades foram vendidas, bem diferente do que a Atari imaginava: cerca de 5 milhões. Uma boa parte dos jogos vendidos foram devolvidos para a empresa, pois os consumidores o consideraram desagradável.

Caminhões e caçambas lotadas dos cartuchos despejaram e enterraram uma infinidade de cópias em um aterro sanitário do Novo México depois da vergonha nas vendas. E.T. é considerado o estopim do grande Crash dos Videogames em 1983, quando a Atari acreditava que sua marca vendia bem independentemente da qualidade dos jogos.

Este título foi considerado o pior de todos os tempos pelas revistas PC World, Electronic Gaming Monthly e For Him Magazine (FHM). Pela GameTrailers, ficou em segundo lugar como o pior jogo baseado em filme (perdendo apenas para Charlie’s Angels – filme As Panteras no Brasil) e também em segundo lugar como o pior de todos os tempos (perdendo para Superman 64, de Nintendo 64). Alguns o acham tão ruim que consideram a tela de título como a única parte interessante do jogo.

Porém, ele contribuiu com a história, e em 2007, a GamePro o considerou um dos jogos mais importantes, por conta do ocorrido em 1983 e a queda da “inabalável” Atari. Talvez este tenha sido o único jogo da lista a impactar negativamente na indústria dos videogames.

http://www.viciogame.com.br

Custer’s Revenge (Atari 2600)

Foi controverso devido a sua trama que envolve o estupro de uma índia por um cowboy. A Atari recebeu inúmeras queixas sobre o jogo e respondeu processando os produtores, resultando na retirada de todas as cópias disponíveis no mercado.

Como se não bastasse, também mostra baixíssima qualidade, e chegou a ser taxado como um dos piores e mais vergonhosos jogos de todos os tempos por empresas como GameSpy, PC World, GameTrailers e Electronic Gaming Monthly.

http://www.viciogame.com.br

Pac-Man (Atari 2600)

Apesar de ser um sucesso comercial e vender mais de 7 milhões de cópias, esta versão do Atari foi significativamente alterada, por limitações técnicas, para tentar embarcar na popular versão original dos fliperamas. Algumas dessas mudanças incluem gráficos simplórios, leiaute do labirinto e fantasmas piscando (como solução para limitações técnicas, o jogo pode renderizar somente um fantasma na tela por quadro de animação).

As empresas IGN e Next Generation Magazine o consideraram a pior conversão de fliperama.

http://www.viciogame.com.br

Anos 90

http://www.viciogame.com.br

Link: The Faces of Evil e Zelda: The Wand of Gamelon (CD-i)

Como resultado do cancelamento do acessório para rodar CD’s no Super Nintendo, a Nintendo garantiu à Philips uma licença de uso de alguns de seus maiores personagens. A Philips lançou para o seu aparelho, o CD-i, três jogos da série The Legend of Zelda: Link – The Faces of Evil, Zelda – The Wand of Gamelon e Zelda’s Adventure. Os dois primeiros jogos foram desenvolvidos utilizando os mesmos recursos e lançados no mesmo dia. Embora tenham sido bem recebidos em seu lançamento, os dois jogos ganharam notoriedade no ano 2000, quando a atenção foi voltada para suas animações. A globalização da informação que a internet potencializa, principalmente com sites de vídeos como o YouTube, facilitou a disseminação da vergonha alheia. Estas animações foram descritas como “infames” pela IGN, e a 1UP sugere que a comunidade fã da série deve desprezar estas versões. Além de simples animações, a GameTrailers ainda se atentou aos fatos negativos como “controles pouco funcionais, jogabilidade simples e numerosos bugs.

http://www.viciogame.com.br

Catfight (PC)

Este é um jogo de luta desenvolvido pela Phantom Card e distribuído em 1996 pela Atlantean Interactive. Embarcou no sucesso de Mortal Kombat com personagens digitalizados, inclusive utilizando a mesma atriz Katalin Zamiar (Mortal Kombat 2) para representar uma ninja. O enredo do jogo gira em todo de uma deusa da escuridão chamada Shinma e 10 guerreiras competem para desafiá-la e obter o poder supremo.

Classificação e nota não é o forte deste título. A GameSpot lhe deu nota 1,6 em uma escala que vai até 10, e a GameRankings deixou o nível de qualidade em 8,67%.

http://www.viciogame.com.br

Bubsy 3D: Furbitten Planet (PlayStation)

Este foi o quarto jogo da série e um dos primeiros jogos de plataforma em 3D. Seu enredo é uma paródia do filme Forbidden Planet, de 1956.

O jogo não foi bem recebido e desagradou instantaneamente. GameTrailers, IGN e GamesRadar criticaram veementemente os gráficos, controles e a personalidade de Bubsy que vimos nos títulos anteriores. Por conta de sua data de lançamento, foi inevitável a comparação com Mario 64, do Nintendo 64, e então ninguém pegou leve nas críticas. Imagine andar por um mundo de polígonos sem texturas e ter que parar o personagem para mudar de direção… só assista o vídeo abaixo se tiver estômago forte mesmo!

http://www.viciogame.com.br

 Extreme Paintbrawl (PC)

Jogo de tiro em primeira pessoa baseado no famoso esporte paintball. Sofreu com seus mapas de baixa qualidade se comparados aos ambientes encontradas no mundo real, má funcionalidade da inteligência artificial (personagens controlados pelo computador mostram comportamentos bizarros ou correm para frente desesperadamente até esbarrarem em algum obstáculo), além de um modo de treinamento que prejudica mais que ajuda.

http://www.viciogame.com.br

Superman 64 (Nintendo 64)

Baseado na aclamada série de desenho animado, Superman foi duramente criticado por ser desnecessariamente repetitivo, difícil, com objetivos confusos, limite de tempo absurdamente curto que não permite erros, gráficos simples e controles péssimos. Logo de início você vai notar que o jogo não roda em tela cheia, mantendo sempre uma barra preta na parte superior e inferior. Em seguida você se pergunta: “Por quê eu tenho que ficar passando por um monte de anéis flutuantes?”. Em menos de 3 minutos você já sabe como será o jogo até o fim. Cada fase é repleta de missões que não possuem “checkpoint”, fazendo você recomeçar tudo caso cometa algum erro ou não cumpra o tempo estipulado. Este sempre está presente em qualquer lista que procure os piores jogos de todos os tempos… um clássico!

http://www.viciogame.com.br

A partir do ano 2000

http://www.viciogame.com.br

Aquaman: Battle for Atlantis (GameCube e Xbox)

Este jogo recebeu inúmeras críticas negativas, principalmente por sua chatice e falta de originalidade. Segundo a GameSpot, Aquaman tem soco, chute, agarradas, combos, movimentos especiais e ajuda de animais marinhos, mas dá pra terminar o jogo só pressionando o botão A. Os gráficos são ruins e as animações robóticas. As fases são grandes, enevoadas e totalmente sem vida. Você não verá objetos no chão, nem animações de fundo ou civilizações.

http://www.viciogame.com.br

Charlie’s Angels (PS2 e GameCube)

As análises não foram sutis, citando baixa qualidade dos gráficos e repetitividade. Partindo dos primórdios dos jogos de briga de rua, as vezes, para alguns programadores, parece difícil transportar o estilo para 3D. Outras características ajudam a estragar o jogo: número limitado de movimentos, objetos e gráficos inacabados, animação fora da velocidade normal, caminhos lineares impostos por “paredes invisíveis”, história com pouca influência dos filmes da franquia, e para finalizar… é comum ficar preso nas portas ou passagens.

http://www.viciogame.com.br

Big Rigs: Over the Road Racing (PC)

Foi lançado incompleto e cheio de erros, este jogo de corrida tornou-se famoso pelo falho sistema para detecção de colisões, inteligência artificial inexistente (em alguns momentos o computador simplesmente se mantém parado), física extremamente anormal, e finalmente… a tela de vitória, que exibe apenas um troféu escrito “You’re Winner”. Alegre seu dia e assista o vídeo abaixo.

http://www.viciogame.com.br

Elf Bowling 1 & 2 (Nintendo DS)

Os dois primeiros jogos da série foram unidos e relançados sob o título “Elf Bowling 1 & 2” no Nintendo DS e Game Boy Advance. O pacote foi universalmente açoitado por críticas considerando este um dos piores jogos, citando gráficos fracos, sons e controles crus, e sem extras perante as versões anteriores. Em suas avaliações históricas amarga a nota de 1,4 numa escala de 10 da GameSpot e nota 12 numa escala de 100 pela Metacritic. Nem os antigos celulares eram capazes de fazer tamanha pérola.

http://www.viciogame.com.br

Leisure Suit Larry: Box Office Bust (PC, PS3 e X360)

Considerado um jogo estúpido, repetitivo e com senso de humor maldoso. Segundo a IGN, “o título mereceu a nota baixa por não possuir qualidade nem ideia interessante e não tem nada agradável para os jogadores. Sob nenhuma circunstância deve ser comprado por qualquer pessoa”.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s