Jogo Karateka de 1984 ganha ramake em 2012


Jordan Mechner é mais conhecido pelo sucesso da franquia Prince of Persia, mas para muita gente ele é o mago dos videogames por ter criado Karateka.

Na pele de um jovem mestre do caratê, o jogador encontra-se no Japão para tentar salvar Mariko, sua namorada, das garras do malvado Akuma.

Este foi um dos primeiros jogos que tentaram simular artes marciais em um jogo de computador. Conta com cenários relativamente simples e silenciosos, focando principalmente na jogabilidade. A dificuldade é uma das características do jogo, sendo que você pode voltar para o início ao perder uma luta.

Tudo isso era ótimo em 1985, mas Mechner acha que está na hora de adaptar as coisas para 2012. O novo Karateka está sendo feito por uma pequena equipe que pretende disponibilizar o título para Xbox e PlayStation, em seus respectivos serviços on-line.

O autor enfatiza seu desejo em reviver os tempos em que tinha um pequeno grupo de desenvolvedores para fazer um jogo, e considera mais interessante recriar o clássico em vez de criar algo novo.

Trata-se mais de um desejo próprio, que alguma ambição de sucesso. Karateka foi o primeiro jogo feito por Mechner, e onde tudo começou pra ele.

O conceito do jogo continuará o mesmo, mas agora com recursos mais avançados. A versão anterior já mostrava movimentos fluídos por conta da técnica de rotoscopia, agora a tecnologia permite meios mais fáceis, rápidos e detalhados para capturar os movimentos.

Ainda sob forte influencia dos clássicos filmes de Kurosawa, mantém sua característica recatada no que diz respeito aos diálogos ou vozes. Porém, agora vai ser possível contrastar ainda mais a imersão com belas músicas e efeitos sonoros extremamente detalhados.

Reinventando a jogabilidade, prometem uma mecânica de combate totalmente nova. Mesmo considerando sua obra o precursor de títulos como Tekken e Mortal Kombat, afirma que Karateka não pretende concorrer no gênero, pois é algo mais técnico que frenético.

Veja algumas telas do novo jogo:

E algumas imagens do antigo clássico:

Storyboard mostra luta contra o chefão final Akuma.

Ilustração de como deveria ser a sequência durante o ataque da ave.

Rascunhos da águia que intervém durante a luta contra Akuma.

Storyboards que ilustram as sequências de abertura.

Traços que deram origem aos movimentos do personagem principal do jogo.

Jordan Mechner onde tudo começou.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s