Takahashi Meijin, o inventor do Botão Turbo


Toshiyuki Takahashi, também conhecido como Takahashi Meijin, é um japonês de 54 anos que construiu sua carreira na Hudson Soft e ficou mundialmente conhecido por conseguir pressionar o botão de um controle 16 vezes em apenas 1 segundo.

O jogo que consagrou seu talento foi o grande clássico Star Soldier, lançado para Nintendo em 1986. A fama de ter os dedos mais rápidos dentre os gamers foi um sucesso imediato, garantindo participações em eventos, comerciais e até num filme, chamado Game King.

Acabou virando o garoto propaganda e astro do campeonato itinerante da Hudson Soft, percorrendo várias regiões do Japão para demonstrar às crianças sua habilidade, promover o jogo, e instigar a competição entre elas.

Game King é uma produção da TV japonesa exibida em 1986. O filme tem uma pitada de Reality Show, mostrando os preparativos e o desafio entre o gênio Takahashi Meijin e Mouri Meijin num torneio de 5 rounds do jogo Star Soldier.

Tamanho talento e fama o levaram a estrelar um jogo com seu próprio nome e personagem em 1986. Trata-se do título Takahashi Meijin no Bouken Shima, uma adaptação do fliperama Wonder Boy, que conhecemos muito bem como Adventure Island (no mercado ocidental o protagonista foi renomeado para Master Higgins).

Recentemente uma notícia tem mexido com a comunidade velha-guarda “Nintendista”, e em especial com os fãs de Takahashi. Trata-se da informação de que é totalmente inútil pressionar os botões do controle 16 vezes por segundo, sendo que a maioria dos jogos de Nintendo foi programada para registrar no máximo 15.

Segundo o próprio Takahashi, os consoles recentes, como o PlayStation 3 e Xbox 360, devem obrigatoriamente aceitar 60 toques por segundo, mas no tempo do Nintendo não fazia o menor sentido.

Como na época os jogos não demandavam tanta precisão, vários deles foram programados para que pudessem reconhecer um número bem pequeno de toques ou verificar de maneira simples se o botão fora pressionado ou não.

Porém, o caso de Star Soldier é diferente, sendo que Katsuhiro Nozawa programou o jogo para aceitar 16 impressões por segundo, alegando que esta é a única maneira de derrotar por completo o chefão Lazaro. Toda esta repercussão é o que menos importa, pois todo mundo sabe que Takahashi é realmente bom neste quesito, e algumas pessoas afirmam que no filme ele chega a fazer até 17 toques por segundo.

Pouca gente sabe, mas ele não foi apenas um astro com dedos rápidos. Sua contribuição para o mundos dos videogames foi muito além: inventou o botão turbo nos controles.

A ideia veio em mente para poupar um pouco seus dedos durante algumas apresentações, dando origem a um protótipo criado por ele mesmo.

Com um grande número de interessados no aparelho (incluindo o presidente da Hudson Soft), resolveu investir em sua invenção para atender a demanda. Começou com uma versão simples e atualizou para o dobro da velocidade em seguida.

Atualmente Takahashi Meijin mora no Japão e continua trabalhando como executivo da Hudon Soft.

Este astro já escreveu seu nome na história dos videogames, contribuindo para o mercado tanto na questão de software quanto de hardware. Embora o botão turbo seja visto com um certo receio por jogadores hardcore, é inegável sua participação no desenvolvimento deste recurso, que é implementado até os dias atuais em controles de videogames. Mais uma personalidade que devemos conhecer, lembrar e respeitar.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s